Olá pessoal! Hoje viemos compartilhar com vocês o artigo “Downscaling the Gap: Protected Areas, Scientific Knowledge and the Conservation of Amphibian Species in Minas Gerais, Southeastern Brazil”que fala sobre a eficácia de áreas de proteção que abrigam anfíbios endêmicos do Cerrado, no Estado de Minas Gerais. O artigo, de autoria de Izabela Barata, Vivian Uhlig,

leia mais

É com muito orgulho que compartilhamos a descrição de mais uma nova espécie de anuro brasileiro. Trata-se do pequeno Dendropsophus mapinguari, que recebeu esse nome em homenagem a uma criatura lendária, descrito pelos índios da região Amazônica. O artigo da descrição mal saiu do forno, e já tem destaque até na  NatGeo. O artigo “A New Species of Clown

leia mais

É com muito prazer que vamos disponibilizar o Guia digital “Anfíbios anuros dos Campos Sulinos: Espécies com ocorrência nas áreas campestres do Pampa e da Mata Atlântica”” “O guia digital “Anfíbios anuros dos Campos Sulinos” de Samanta Iop e Sonia Zanini Cechin, da Universidade Federal de Santa Maria, e de Tiago Gomes dos Santos, da Universidade

leia mais

Essa é apenas a primeira postagem dessa mini-série sobre os riscos dos pitfalls. Em breve vamos falar um pouco mais detalhado sobre cada um dos perigos. Espero que gostem. Sim, somos herpetólogos, trabalhamos com os mais venenosos vertebrados da Terra. Algumas delas crípticas e peçonhentas, outras coloridas e venenosas que podem até mesmo nos levar

leia mais

Por:   Hugo Fernandes-Ferreira Biólogo (CRBio 67.339/05), Mestre e Doutorando em Zoologia pela UFPB. Sócio-diretor da Ophian Consultoria Ambiental. e   Fábio Nascimento Biólogo, Doutor em Zoologia pela USP, colaborador da Seção de Mastozoologia do Museu de Zoologia da USP. Professor da Universidade de Mogi das Cruzes. Na comunidade acadêmica, é bastante comum a prática

leia mais

Alô, pessoal que segue o Herpeto! E é com muito orgulho que nestas próximas postagens publicarei imagens da herpetofauna que encontrei no Planalto de Poços de Caldas, sul de Minas Gerais…Minha casa!!! Como a cidade é sempre lembrada no meio herpetológico pelos seus endemismos, começo com a espécie Bokermannohyla vulcaniae, onde o epíteto faz referência

leia mais

Bahia, terra de serpentes! Tem muita cobra nesse Estado, muita mesmo! Pra quem trabalha com o grupo amostrar dentro da Bahia é a certeza de topar com as mais variadas espécies. Aqui seguem algumas imagens que fiz em localidades baianas e que ilustram, um pouco, essa diversidade gigantesca de ofídios encontrados por lá. Renato Gaiga.