Blog

Bicho da vez: Dendropsophus ruschii

Homenageado: Augusto Ruschi

Embora não seja um herpetólogo propriamente dito, a contribuição do Prof. Augusto Ruschi para o conhecimento da biodiversidade, especialmente da Floresta Atlântica, é inegável. Ruschi teve alguns poucos trabalhos publicados com anfíbios e répteis, incluindo publicações de listas de espécies e observações de história natural. Sua maior contribuição foi no estudo de aves (principalmente beija-flores) e orquídeas. Ruschi foi ainda um dos pioneiros e mais atuantes defensores da preservação ambiental no Brasil.

Essa pequena perereca alaranjada, encontrada em riachos no interior das matas de Minas Gerais e do Espírito Santo, recebeu o nome de Augusto Ruschi das mãos dos biólogos Peter Weygoldt e Oswaldo Peixoto. Merecida homenagem a um ícone da biologia do sudeste Brasileiro.

Curiosidade sobre Ruschi: Tamanha foi a importância do trabalho de Augusto Ruschi que ele foi homenageado pelo governo Brasileiro. A imagem de Ruschi ilustrou a nota de 500 cruzados novos entre os anos de 1989-1990.

Dendropsophus ruschii, Pedra Azul, Domingos Martins, Espírito Santo, Brasil (Pedro Peloso / Herpeto.org)

 

Augusto Ruschi teve sua imagem estampada na nota de 500 Cruzados Novos.

 

 

Pedro Peloso é colunista do Herpeto.org, explorador da National Geographic e pesquisador da Universidade Federal do Pará. Ele estuda a diversidade de anfíbios e répteis na América do Sul. Siga seu trabalho no Instagram e no Facebook.

Pedro Peloso

Biólogo, fotógrafo e um grande admirador das belezas naturais.

Comentários

O que achou da postagem?