Não faz muitos dias que o herpeto.org iniciou uma parceria com a LOG Materiais. A LOG para quem não sabe, é uma empresa especializada em produtos para campo. Seja para vendas ou aluguel de alguns tipos de equipamentos. No catálogo da empresa tem produtos como lanternas de mão, de cabeça, pinção, gancho, caixas de

leia mais

 

 A obra, Guia de Animais Peçonhentos e Venenosos dos Campus da UNESP de Botucatu,  apresenta e discute os principais animais peçonhentos e venenosos dos campus de Rubião Júnior e Lageado, em Botucatu (Universidade Estadual Paulista). Um grande número de animais foi observado e registrado, sendo o livro um registro de fauna em áreas de vegetação

leia mais

 

 Depois de 4 anos reunindo material e lançamos nosso primeiro poster com os anuros (sapos, pererecas e rãs) de Minas Gerais. Todo o material foi fotografado por Rodrigo Tinoco (@rodrigo__tinoco no instagram). Quem sabe em breve montamos uma versão para venda. Até lá podemos conferir o material aqui pelo herpeto.org. Gostou? deixe seu comentário, vote

leia mais

 

 Olá pessoal! Hoje viemos compartilhar com vocês o artigo “Downscaling the Gap: Protected Areas, Scientific Knowledge and the Conservation of Amphibian Species in Minas Gerais, Southeastern Brazil”que fala sobre a eficácia de áreas de proteção que abrigam anfíbios endêmicos do Cerrado, no Estado de Minas Gerais. O artigo, de autoria de Izabela Barata, Vivian Uhlig,

leia mais

 

 A bióloga Izabela Barata disponibilizou um material super bacana – resultado de um projeto – voltado para o público infantil. E claro, viemos compartilhar com vocês. Trata-se do ‘Pequenos curiosos’ que foi criado no intuito de aproximar as crianças da ciência, através de livrinhos. As ilustrações foram feitas pelos próprios pequenos curiosos, que se aventuraram pelo maravilhoso mundo

leia mais

 

 É com muito orgulho que compartilhamos a descrição de mais uma nova espécie de anuro brasileiro. Trata-se do pequeno Dendropsophus mapinguari, que recebeu esse nome em homenagem a uma criatura lendária, descrito pelos índios da região Amazônica. O artigo da descrição mal saiu do forno, e já tem destaque até na  NatGeo. O artigo “A New Species of Clown

leia mais