Pristimantis fenestratus

Nome Científico: Pristimantis fenestratus (Steindachner, 1864)
Nome popular:
popular
Classe:  Amphibia | Ordem: Anura | Família: Strabomantidae
Nomenclatura antiga:

  • +Espécies similares / Grupo

    Não há conhecimento sobre espécies similares

  •  

Descrição da espécie:

Machos 17-20 mm, fêmeas 20-22 mm. A maioria (70%) dos indivíduos tem dorso em diversas tonalida-des de marrom com várias manchas escuras. Outro padrão menos comum é o dorso marrom com duas faixas dorsolaterais mais claras. Possuem duas linhas dorsolaterais finas de glândulas em cada lado do corpo, pouco visíveis a olho nu. O ventre é branco. A região gular, o tórax, e a superfície inferior de braços e pernas são rosadas a acinzentadas. A distância do olho até a ponta do focinho é aproximadamente uma vez o diâmetro do olho.

Hábitos e Habitats:

Terrestres, com atividades diurnas e noturnas. São encontrado em florestas densa,  aberta e em área de vegetação secundária. Os jovens alimentam-se de colêmbolos, besouros e formigas, e os adultos de grilos, besouros, aranhas, diplópodos e formigas.

Reprodução:

Reproduzem-se na estação chuvosa, com um pico em dezembro. Os machos normalmente vocalizam sobre o solo, escondidos sob folhas e galhos caídos. Os machos escavam buracos no solo, onde a fêmea deposita aproximadamente 10 ovos em um ninho de espuma. Os girinos desenvolvem-se até a metamorfose dentro do ninho.

Vocalização:

 Indisponível | Enviada por: Autor

Em breve

Informações sobre os girinos:

Em breve

Mapa de Registro:

Em breve

Galeria de Imagens / Variação da espécie:

Em breve

  • +Referências Bibliográficas

    Guia de Sapos da Reserva Adolpho Ducke, Amazonia Central by Lima et al. 2005

  •